Skip to content

Medina de Tetouan

Maio 5, 2010

A Medina de Tetouan, hoje Património da Humanidade, é a mais andaluza de todas as medinas de Marrocos. Emigrantes da Espanha chegados nos séculos XV e XVII trouxeram as suas tradições arquitectónicas, incluindo o gosto pela decoração em ferro forjado e por portas com elaboradas guarnições de metal.

O aroma das especiarias, da madeira acabada de serrar e do kesra (pão) enche as estreitas ruas, praças e souks da medina, cheios de carpinteiros, fabricantes de chinelos, vendedores de tecidos, curtidores e vendedores de artigos usados.

A Rue el-Mokadem (entre a Place Souk el-Fouqui e a Place Gharsa el-Kebira) é a rua onde se amontoam mais lojas, mas também uma das mais interessantes pelos impressionantes edifícios brancos e pelo pavimento. Os vendedores de tecidos e de cerâmica do Rif enchem a pequena praça onde se realiza o Souk el-Houts. Leva ao antigo mellah, o bairro judeu de Tetouan, onde as casas com varanda têm grandes janelas, portões de ferro forjado e fachadas com arcadas.


Medina de Tetouan Marrocos

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: